Papa Francisco está na Irlanda para o Encontro Mundial das Famílias
25/08/2018 09:20 em Papa Francisco

Papa Francisco chega a Dublin, uma viagem de renovação

Às 10h43 deste sábado, 25 de agosto, o Papa Francisco descia as escadas do Airbus da Alitália para pisar em terras irlandesas 

 

O Papa Francisco partiu nesta manhã para a Irlanda, onde chegou por volta das 10h30, hora local. Além dos fiéis irlandeses, milhares de famílias dos 5 continentes esperaram o Santo Padre para o Encontro Mundial dedicado a elas.

Alessandro Gisoti – Dublin, Silvonei José – Cidade do Vaticano

Papa Francisco já se encontra em terras irlandesas onde chegou ao Aeroporto Iinternacional de Dublin às 10h26 desta manhã de sábado, hora local, para participar do Encontro Mundial das Famílias. Durante a visita previsto também um encontro com algumas vítimas de abusos sexuais por parte de sacerdotes. Grandes preparativos para receber o Pontífice.

O Papa foi acolhido aos pés da escada do avião pelo Vice-primeiro Ministro, e por duas crianças em hábitos tradicionais que lhe ofereceram flores. Presentes também os cardeais Farrell e Brady, o Presidente da Conferência Episcopal, os arcebispos de Dublino, Tuam, Cashel e Emly, o arcebispo da Igreja da Irlanda e também uma família.  Presentes ainda no Aeroporto Internacional de Dublin o Núncio Apostólico na Irlanda Dom Jude Thaddeus Okolo, e a Embaixadora da Iralanda junto à Santa Sé, Sra.Emma Madigan. Na recepção ao Papa não houve discursos.

Em seguida o Papa deixou o aeroporto em direção a Áras an Uachtaráin, residência presidencial, cerca de 17 Km, onde será recebido pelo presidente da Irlanda. Uma família de refugiados e uma família que hospeda refugiados serão apresentadas ao Papa. Na Cerimônia oficial de boas-vindas os respectivos hinos e a guarda de honra.

 

 

Os compromissos

Após a visita de cortesia ao presidente Michel D. Higgins, no governo desde 2011, pai de 4 filhos, Francisco se dirige para o jardim da residência onde irá plantar uma árvore. Deixando a residência presidencial Francisco irá para  o Castelo de Dublin onde manterá um encontro com as Autoridades, com a Sociedade civil e com o Corpo Diplomático.

Ainda na tarde deste sábado a visita à Catedral Santa Maria de Dublin onde o Papa se deterá em oração em uma Capela onde se encontra uma lâmpada recordando as vítimas de abusos sexuais. Na Catedral Francisco responderá duas perguntas de dois jovens casais. O Santo Padre visita ainda o Centro de Acolhida para Famílias sem casa, dirigido pelos freis capuchinhos.

Enfim o dia de Francisco termina com a Festa das Famílias no Crocke Park Stadium de Dublin, onde se reunirá com mais de 80 mil pessoas. Uma festa com cantos, danças, testemunhos e oração. O encontro se encerra com o discurso do Papa, a oração do Encontro Mundial das Famílias e a Benção Apostólica de Francisco.

 

 

Telegramas

Como é habitual, no voo para a Irlanda, o Papa Francisco enviou um telegrama ao Presidente da República italiana, Sergio Mattarella. "No momento em que deixo Roma para ir à Irlanda por ocasião do Encontro Mundial das Famílias, e enquanto invoco sobre a nação italiana abundantes dádivas de visão e sabedoria para continuar a apreciar e preservar o valor do matrimônio e da família - escreveu o Papa - dirijo ao senhor e seus colaboradores votos fervorosos por um profícuo compromisso a serviço do povo italiano a quem eu envio a minha bênção".

Além disso, o Papa enviou outros telegramas aos Presidentes dos países sobrevoados: Suíça, França e Reino Unido.

A Irlanda que o Papa Francisco encontra nestes dois dias de permanência na capital irlandesa é muito diferente da encontrada por São João Paulo II há 40 anos. Secularizada, imersa nas contradições da modernidade que chegou quase subitamente neste país. A Irlanda ainda está profundamente ferida pelo escândalo dos abusos sexuais cometidos por membros do clero. Daí a grande expectativa dos irlandeses pelas palavras que o Papa poderia dizer sobre esse assunto delicado e doloroso, trazido à tona também pela publicação do relatório sobre os abusos na Pensilvânia que na Irlanda despertou grande interesse. Para muitos, a presença do Papa na Irlanda, neste momento histórico particular, torna-se, portanto, uma oportunidade de renovação não apenas para a Igreja, mas para toda a sociedade.

 

O Papa e as famílias, a alegria do Evangelho

A visita do Papa, que inevitavelmente se entrelaça com essa triste realidade, no entanto, trata de celebrar a beleza das famílias no plano de Deus para a humanidade. Afinal, o motivo oficial da visita é justamente o Encontro Mundial das Famílias, que nestes dias viu a presença na capital irlandesa de mais de 15 mil pessoas de 116 países, unidas pela alegria do Evangelho e pelo espírito de Amoris laetitia, que não deixa nenhuma família para trás, especialmente se estiver em dificuldade. E precisamente os membros de duas famílias - uma de refugiados, a outra de irlandeses que hospedam refugiados - estarão entre os primeiros a encontrar o Pontífice junto com o Presidente Higgins na cerimônia de boas-vindas. 

 

Igreja Católica na Irlanda

Trazemos alguns dados estatísticos (de 31 de dezembro de 2016) sobre a situação da Igreja no país

O país tem uma superfície de 84.405km² e uma população de pouco mais de 7 milhões de habitantes (83 habitantes/km²). Os católicos são  mais de 5 milhões e 300 mil, ou seja, a cada 100 habitantes 76,1 são católicos.

As Circunscrições Eclesiásticas são 26, com 1.359 paróquias e 40 Centros Pastorais.

Pessoas comprometidas no apostolado

A Irlanda tem 56 bispos (situação em 31.12.2017) e 4.335 sacerdotes, sendo  2.542 diocesanos e 1.793 religiosos.

Os diáconos permanentes são 132, os religiosos não sacerdotes 59, as religiosas professas 764, os membros de Institutos Seculares 97, catequistas 2.357.

Vocações sacerdotais: seminaristas menores 10, seminaristas maiores 150

Centros de educação de propriedade e/ou dirigidos por eclesiásticos ou religiosos

Maternais e escolas primárias 3.375, escolas médias inferiores e secundárias 599, escolas superiores e universidades 9.

Os estudantes em maternais e escolas primárias são 526.640, nas escolas médias inferiores e secundárias 318.030, nos Institutos superiores e universidades 22.775.

Centros caritativos e sociais de propriedade e/ou dirigidos por eclesiásticos ou religiosos

Hospitais 21, asilos 36, orfanatrófios e jardins da infância 33, consultórios familiares 57, centros especiais de educação ou reeducação social 8, outras instituições 3.

 

Fonte: VaticanNews

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!