Semana da Vida 2018
01/10/2018 17:38 em Igreja

Tem início no Brasil nesta segunda-feira, 1º de outubro, a Semana Nacional da Vida, que segue até o próximo dia 7 de outubro e, neste ano, tem como tema “A fecundidade do amor na família”.

A Semana Nacional da Vida foi instituída em 2005 pela 43ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil e culmina no Dia do Nascituro, 8 de outubro, data escolhida pela proximidade com a festa de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro.

O objetivo é propor à sociedade o debate sobre os cuidados, proteção e a dignidade da vida humana, em todas as suas fases, desde a concepção até o seu fim natural.

Durante este semana, a Igreja no Brasil se debruça sobre o subsídio “Hora da Vida”, elaborado pela Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF), a fim de possibilitar momentos de estudo, reflexão e oração pela vida.

“A reflexão a qual nos propomos nesse Hora da Vida leva-nos a aprofundar no tema que vem há muito sendo defendido por nossa Igreja e por tantos grupos dentro dela, que é a vida desde o seu nascimento à sua declinação natural, ou seja, a defesa da própria vida”, comentou ao site da CNPF o assessor nacional da Pastoral Familiar, Padre Jorge Alves Filho.

Conforme ressaltou o sacerdote, “mesmo enfrentando opiniões contrárias, a Igreja defende a vida, também de quem, talvez, não compreenda o valor que essa tem, inclusive para si próprio”.

As reflexões para a Semana da Vida tem como inspiração a exortação apostólica Amoris Laetitia, do Papa Francisco, segundo explicou o Bispo de Osasco (SP) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família (CEPVF), Dom João Bosco.

“Uma família bem constituída é, por si só, um espaço e uma escola de defesa da vida. A Amoris Laetitia abriu o baú de tesouros da família e iluminou até os recantos mais desafiadores com farta luz do Evangelho”, assinalou.

“Devemos incentivar todo o respeito pela vida desde a concepção até o seu fim natural. Vida é Dom de Deus e a Ele pertence, direito humano que não pode ser negociado”, completou.

 

Fonte: ACiDigital

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!