CNBB já tem novo Secretário Geral e vices...
08/05/2019 08:46 em Igreja

Eleitos dois vice-presidentes e secretário-geral da CNBB

 

Foram eleitos na noite de segunda-feira, 6 de maio, Dom Jaime Spengler como primeiro vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e Dom Mário Antônio da Silva como segundo vice-presidente; além disso, na manhã desta terça-feira, 7, Dom Joel Portella Amado foi eleito secretário-geral da entidade.

Ainda na tarde de segunda-feira, já havia sido eleito o novo presidente da CNBB, Dom Walmor de Oliveira Azevedo, Arcebispo de Belo Horizonte (MG).

As eleições são realizadas no contexto da 57ª Assembleia Geral da CNBB, que acontece em Aparecida (SP) até a próxima sexta-feira, 10 de maio, quando toma posse a nova presidência da entidade e de suas Comissões, cujos presidentes estão sendo eleitos.

Uma das novidades da eleição deste ano foi em relação à vice-presidência que, segundo o novo estatuto da CNBB, passa a contar com dois vice-presidentes.

O primeiro vice-presidente, Dom Jaime Spengler, é Arcebispo de Porto Alegre (RS). É natural de Gaspar (SC), onde nasceu em 6 de setembro de 1960.

Ingressou na Ordem dos Frades Menores em 20 de janeiro de 1982, pela admissão no Noviciado na cidade de Rodeio (SC).  Estudou Filosofia no Instituto Filosófico São Boaventura, em Campo Largo (PR), e Teologia no Instituto Teológico Franciscano, em Petrópolis (RJ), concluindo-o no Instituto Teológico de Jerusalém, em Israel. Possui doutorado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Antonianum, de Roma.

Foi ordenado sacerdote em 17 de novembro de 1990, na sua cidade natal. Em novembro de 2010, foi nomeado pelo Papa Bento XVI como Bispo Auxiliar de Porto Alegre, tendo recebido a ordenação episcopal em fevereiro de 2011.

Em 18 de setembro de 2013, foi nomeado pelo Papa Francisco como Arcebispo de Porto Alegre e, em 2014, foi nomeado membro da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica.

No contexto da CNBB, foi eleito em 2015 presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB. Neste mesmo ano, foi eleito presidente do Regional Sul 3 da CNBB, que corresponde ao estado do Rio Grande do Sul.

O segundo vice-presidente, Dom Mário Antônio da Silva é Bispo de Roraima. Nasceu em 17 de outubro de 1966, em Itararé (SP). Estudou Filosofia e Teologia no Seminário Maior Divino Mestre, da Diocese de Jacarezinho (PR). Possui mestrado em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade Lateranense de Roma.

Foi ordenado sacerdote em 1991, em Sengés (PR). Em 9 de junho de 2010, foi nomeado Bispo auxiliar de Manaus e recebeu a ordenação episcopal em 20 de agosto do mesmo ano, na Catedral de Jacarezinho. Em junho de 2016, foi nomeado pelo Papa Francisco como Bispo de Roraima, tomando posse em setembro do mesmo ano.

No contexto da CNBB, foi eleito em 2015 como presidente do Regional Norte 1, que compreende o estado de Roraima e o norte do Amazonas.

Já o secretário-geral eleito da CNBB, Dom Joel Portella Amado, é Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro. Nasceu em 2 de outubro de 1954, no Rio de Janeiro. Possui graduação em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1977). Estudou Filosofia no Instituto Aloisiano da Companhia de Jesus e Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), onde também fez mestrado e doutorado em Teologia Pastoral.

Foi ordenado sacerdote em 12 de outubro de 1982 e, em 7 de dezembro de 2016, foi nomeado Bispo auxiliar do Rio de Janeiro pelo Papa Francisco. Recebeu a ordenação episcopal em 28 de janeiro 2017, na Catedral metropolitana do Rio.

Em 6 de outubro de 2018, foi nomeado consultor para o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, do Vaticano.

 

Fonte: ACI Digital

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!